Entretenimento

Ultimas Noticias

Mais 88 infectados pela Covid-19 se recuperam da doença, e AM contabiliza 6.685 pessoas fora do período de transmissão


No Amazonas, mais 88 pessoas infectadas pelo novo coronavírus se recuperaram da doença. Com isso, o número total de recuperados no estado chegou a 6.685 nesta segunda-feira (11), segundo dados da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM). Ao todo, são 12.919 casos da doença no estado.

No boletim anterior, divulgado no domingo (10), 6.597 pessoas haviam passado pelo período de transmissão, ou seja, cumpriram o período de quarentena.

A infectologista Silvia Fonseca explicou à Rede Amazônica as duas fases da doença, durante e após a infecção pela Covid-19. De acordo com ela, no início dos sintomas, é quando há o maior risco de transmitir o vírus para outras pessoas. Após o desaparecimento dos sintomas, a quarentena de 14 dias é por precaução.

Ainda segundo a médica, o fim do período de transmissão do novo coronoavírus não é igual para todo os pacientes, já que cada pessoa tem um quadro de saúde diferente.

A autônoma Franciany Farias, de 42 anos, é uma das pessoas que venceram o novo coronavírus. Com diabetes e problemas no coração, ela tratou os sintomas da doença durante 14 dias em casa, no município de Parintins, mas o caso se agravou. Com isso, ela precisou ficar quatro internada no hospital da cidade e, depois, transferida para Manaus, onde permaneceu internada por mais oito dias, um total de 26 dias lutando contra o vírus, até receber alta médica. "Quando eu cheguei aqui eu ainda estava muito fraca, não conseguia levantar, mas hoje já estou bem melhor", disse.

De acordo com dados do epidemiológico, 4.810 pessoas com diagnóstico de Covid-19 estão em isolamento social ou domiciliar.

Desde a chegada do vírus no Amazonas, em 13 de março, diversos vídeos e fotos de pacientes recebendo alta e voltando para suas famílias viralizaram em redes sociais. Um dos casos foi de um idoso, que passou dias internado dentro do asilo em que mora, que se divertiu com médicos ao receber alta.

Nenhum comentário